quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Receita milagrosa!

Nos dias de hoje somos submergidos por receitas milagrosas. Aparecem nas revistas (desde a Maria à Men's Health), na televisão, na Internet, em cartazes de publicidade etc. Entre algumas dietas que encontrei na minha pesquisa pelos meios de comunicação, três chamaram a minha atenção por serem surreais (no mau sentido da palavra):

1) Dieta do garfo: 
não se pode consumir alimentos que se comem directamente com os dedos ou que necessitam o uso de uma faca ou qualquer outro talher que não seja o garfo.

2) Dieta das proteinas:
consiste basicamente em consumir batidos e reduzir nas refeições.

3) Dieta da sopa ou da fruta:
comer exclusivamente sopa ou fruta durante um tempo estabelecido.

As dietas acima referidas, bem como qualquer outra dieta milagrosa, pretendem fazer emagrecer em tempo recorde, sem qualquer esforço por parte do consumidor. Algumas dessas receitas podem até ser receitadas por nutricionistas (que muitas vezes acompanham com outros produtos ditos naturais e excelentes para a perda de peso). É verdade que o choque inicial desta restrição alimentar faz com que se perca uns quilitos em tempo recorde. Mas ninguém aguenta uma vida de privações. Na maioria das vezes, o desejo pela "comida proibida" vai aumentando no decorrer das semanas, até a tentação ser demasiado forte para ser controlada. A pessoa volta, na melhor das hipóteses, ao peso inicial.

Se tais dietas existissem a taxa de obesidade não excederia os  25% nos EUA, o berço das dietas milagrosas.


terça-feira, 27 de setembro de 2011

How great are you?


Corrida

Com que frequência se deve correr? Bem na verdade não há limites. Há quem corra todos os dias (ás vezes duas vezes por dia). Tudo depende dos objectivos estabelecidos. No meu caso tento correr três vezes por semana (dia sim, dia não) alternando com outros exercícios de cárdio (corda, burpees, climber, boxe etc.) Consegui obter excelentes resultados e atingir o meu objectivo principal (afinar e tonificar).
Aconselho, a quem queira começar a treinar, que comece a correr um quilómetro, dia sim dia não, aos poucos conseguirá aumentar na distância. Não se deve tentar apressar o passo porque quando o treino se torna demasiado intenso os riscos de desistir aumentam. Na minha opinião, a minha distância ideal é de quatro/cinco quilómetros.
Porquê?
Faz-se em menos de meia hora (depois de se apanhar o ritmo) e atinge-se excelentes resultados (quando combinada com outros exercícios de cárdio referidos mais acima) 
Não há hora certa para correr. Existem de facto "picos" de energia (no início da manhã, meio-dia, e final da tarde) mas estes variam de pessoa para pessoa. 

A corrida, assim como qualquer outra actividade física, ajuda-nos a conhecer melhor o nosso corpo. 

Bom treino


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Combinações possíveis com dois pedaços de madeira

Há cerca de um ano, arranjei dois pedaços de madeira (que embrulhei em panos para não irritar as mãos) e tentei encaixá-los num sítio que me permitissem dar vida a várias combinações de exercícios. Os exercícios que seguem no vídeo permitem treinar os tríceps, os abdominais, as costas e os braços com extrema intensidade. É possível tornar os exercícios ainda mais intensos com a adição de pesos (colete, mochila etc.)
A chave de um bom treino está na diversidade, algo apenas limitado pela nossa imaginação...

Bom treino


quinta-feira, 22 de setembro de 2011

O segredo está na variedade

A primeira coisa que nos dizem quando começamos a treinar num ginásio é que nunca se deve fazer o mesmo treino durante mais de um mês. Durante os meus anitos de treino (uns mais intensos que outros) percebi que o melhor era variar todos os dias. O que não implica a criação de um novo treino todos os dias (ninguém tem tanta imaginação, nem tempo para tal). Podemos variar o tempo de descanso (passar de um minuto, entre cada série, para 30 segundos), variar a posição (das mãos no caso de flexões e afins/ dos pés no caso de exercícios para pernas), diminuir o número de repetições (passando dos tradicionais 12 rep.-10 rep.-8 rep.-8 rep. para 20-18-16-14 ou 8-4-4-6). 

O importante é não entrar numa rotina, procurar criar desafios todos os dias.

Bom treino

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Treinar com o que se tem à mão...

O vídeo que segue abaixo ilustra vários movimentos que podem ser realizados com a ajuda de duas ou mais cadeiras. Todos os exercícios trabalham, quer de forma directa ou indirecta, o peitoral, os ombros, bíceps, tríceps, costas e abdominais.

Já está mais do que provado que dá para ficar em forma utilizando apenas o peso do corpo para treinar.


Bom treino

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Todos precisamos de um momento de inspiração

Tom Hafey, entrou há uns tempos numa publicidade onde encarna supostamente um homem saudável de 70 anos, quando na realidade tem 80. Só espero chegar à idade dele com a mesma energia e determinação.



Por fim, um vídeo que fala por si só e que já motivou muita gente...

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Três pilares decisivos na perda de peso

Tenho a certeza que todos sabem quais são. Já ouviram, pelo menos uma vez na televisão, alguém a dizer que uma alimentação equilibrada, a prática regular de actividades físicas e o descanso são os mecanismos essenciais para conseguir perder peso.

Alimentação

Quem inicia uma dieta pensa imediatamente que o sucesso da dieta depende da quantidade de comida que consegue NÃO ingerir. Reduzir na comida é a forma mais rápida de perder peso e voltar a ganhá-lo de seguida. Ninguém aguenta uma vida de privações. 
Optem por um plano duradouro. 
Comer bem, não é sinónimo de comer pouco (um croissant pode conter mais calorias do que uma simples refeição).  
Todos sabemos o que é saudável e quando não se sabe basta fazer uma pesquisa rápida no Google.


Treino 

 

Uma dieta sem prática de exercício físico é como um bolo de chocolate sem chocolate, não tem propósito. Não há que treinar todos os dias, nem é preciso estabelecer um tempo limite para cada treino. Hoje tanto posso treinar 1 hora como amanhã já só posso treinar 10 minutos. O que interessa é manter o corpo activo. Os exercícios que mais aconselho para o homem são elevações e flexões. Porquê? Trabalha-se o corpo todo em pouquíssimo tempo. Basta-me 30 minutos para ficar exausto. Para as mulheres que querem tonificar as pernas, devem concentrar-se na parte inferior do corpo e para tal aconselho os agachamentos. 
Existem diversas formas de praticar agachamentos. O primeiro passo é de longe o mais difícil, mas depois de começar torna-se um vício.



Descanso


Sem descanso os músculos não recuperam. 
O cansaço acumula-se e a energia diminui. 
Perde-se a noção dos objectivos estabelecidos e desiste-se.






Uma boa dieta precisa destes três elementos e de uma boa dose de vontade. 

Bom treino.

domingo, 18 de setembro de 2011

Bob Harper - Dvd Ultimate Cardio

Desde que vim trabalhar para Lisboa perdi a noção do tempo e deixei completamente de publicar posts no blogue ou até mesmo no youtube. As coisas já estão mais calmas e, por isso, pensei em voltar a publicar coisas que considero interessantes para quem queira perder peso, tonificar o corpo e/ou ganhar massa muscular.

O vídeo que segue abaixo é o trailer de um dos muitos DVD do Bob Harper, personal trainer do Biggest Loser americano. Não sou muito dado a esse tipo de DVD (costumo mais criticá-los), mas este convenceu-me e pôs-me a suar.

Vantagem: ajuda na perda de peso
                 tonifica todo o corpo
                 faz-se numa hora
                 divertido
                 tem um bónus de 20 minutos menos intenso

Desvantagem: Uma pessoa que nunca praticou exercício físico terá muitas dificuldades em acompanhar o treino, ou seja, não é um vídeo para principiantes.